O que é o Google +1?

Os boatos sobre um serviço do Google na área de mídias sociais são antigos. Nesta quarta-feira (30/03) pelo menos uma parte deles se concretizou com o lançamento do Google +1. A seguir, você fica or dentro dos detalhes do serviço.
O que é o Google +1?
É um serviço de recomendação de links, anúncios e páginas do Google. Quando um internauta clica no botão do Google +1 exibido em resultados de busca e anúncios, o Google grava essa recomendação.
Posteriormente, a recomendação é exibida para outros usuários que fazem busca pelas mesmas palavras. Segundo o Google, o sistema deve ajudar pessoas a encontrar os melhores links para uma determinada busca.
O +1 também será usado em anúncios exibidos no Google. Será possível, portanto, recomendar um anúncio que tenha sido útil em uma determinada busca.
Como faço para usar o Google +1?
Para usar o serviço é necessário ter uma conta no Google. Com um perfil do Google cadastrado, basta clicar nos botões +1 ao lado das buscas assim que eles forem implementados.
Quem pode ver as recomendações do Google +1?
As recomendações são públicas, ou seja, qualquer um pode ver quem recomendou determinado link ou anúncio. Entretanto, o Google +1 prioriza amigos ao exibir as recomendações. Ou seja, suas recomendações serão vistas por seus amigos logo nos primeiros resultados do +1. Já para quem não é amigo
Em que situações posso usar o Google +1?
O serviço começa a funcionar nesta quarta-feira (30/03) na versão em inglês do Google (google.com). Em uma etapa inicial os links aparecerão apenas em algumas buscas, até serem implementados de forma completa. Não há previsão para implementação do +1 no google.com.br.
Em uma segunda fase, o Google +1 deve ser usado também em páginas, como um botão de Curtir do Facebook ou do Twitter. O Google deve publicar um código, que será embutido nas páginas para que o botão seja exibido. Assim, será possível "curtir" páginas web com o +1.
Onde posso obter mais informações sobre o Google +1?
O Google criou uma página com vídeo e informações adicionais sobre o serviço.
Confira abaixo o vídeo de introdução (em inglês):


Fonte: iG com dica do Fabrício

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...