Marca Catupiry chega aos cem anos

A marca Catupiry alimenta o ano do seu centenário com uma série de novidades que devem aguçar ainda mais o paladar do brasileiro. Uma delas é o lançamento da linha Sabores, uma plataforma gourmet nas versões tomate seco, ervas finas, cheddar e azeitonas pretas. Os novos produtos chegam às gôndolas em junho, com embalagens diferenciadas, que foram desenvolvidas pela agência Innovativa.
O pacote de ações que celebram os cem anos do queijo mais tradicional do Brasil inclui ainda o lançamento de uma linha de latas comemorativas, que serão comercializadas até dezembro. Duas parcerias também marcam a data. Uma delas resultou na criação do lanche de frango com catupiry, produto voltado para os jovens. Inédito da história da empresa, o outro acordo foi feito com o Senac para difundir o conhecimento sobre o catupiry entre os chefs de cozinha. “A gastronomia é uma arte experimental. Quase tudo pode ser combinado com o catupiry. Mas sempre respeitamos a opinião dos especialistas. A ideia é promover novas e saborosas combinações”, explica Alexandre Delmanto, superintendente comercial e de marketing do Catupiry.

Outra iniciativa destacada por Delmanto é a participação do Catupiry pela primeira vez no Congresso da Apas (Associação Paulista de Supermercados), evento realizado entre os dias 9 e 12 de maio, em São Paulo, que terminou com um saldo de mais de R$ 5 bilhões em negócios. “O objetivo foi fortalecer o relacionamento da empresa com o público varejista”, conta o executivo do Catupiry, que esse ano passou a investir ainda no patrocínio de ações realizadas pelos estabelecimentos chamados food service.

A companhia mantém duas lojas em São Paulo, uma em Moema e outra no bairro do Bom Retiro, que abrigou a primeira fábrica do Caputiry em São Paulo, no início da década de 50. Hoje, a empresa possui quatro fábricas localizadas nas cidades de Bebedouro e Santa Fé (ambas em São Paulo), Doverlância (GO) e em Santa Vitória (MG), que captam diariamente um total de 200 mil litros de leite provenientes de 1,5 mil produtores exclusivos de matéria-prima (leite in natura).

A produção abastece os 15 mil clientes do Catupiry espalhados pelos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará e Amazonas. Segundo Delmanto, restaurantes, pizzarias e supermercados respondem por 50% das vendas. A outra metade é comercializada pelo varejo. Parte do volume é ainda exportada para os Estados Unidos e Japão.

Inventado em Minas Gerais em 1911, pelo italiano Mario Silvestrini, o Catupiry (significa "excelente" em tupi) nada mais é do que uma mistura de creme de leite e massa coalhada. Tipicamente brasileiro, o sabor e a cremosidade desse queijo ganhou fama e virou até sinônimo de categoria. A fórmula permanece em sigilo, mas o sucesso da marca não é mais segredo para ninguém. De acordo com dados da Nielsen, o setor de requeijão cremoso produziu cerca de 53 mil toneladas em 2009 no Brasil, o que corresponde a uma movimentação da ordem de R$ 724 milhões, um crescimento de 9,1% com relação ao ano anterior.

Fonte: M&M

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...