Mercado cresce 4,77% no 1º trimestre

O ritmo desacelerou, mas o mercado publicitário brasileiro mantém sua expansão em 2011. De acordo com os números do Projeto Inter-Meios relativos ao primeiro trimestre , o faturamento dos veículos com a comercialização de espaços publicitários foi de R$ 5,707 bilhões, contra R$ 5,447 bilhões registrados no mesmo período do exercício anterior – desempenho que representou uma alta de 4,77% (sem descontar a inflação).
O avanço foi menor do que o aferido no primeiro bimestre deste ano n(7,7%), mas é representativo, já que 2010, ano de Copa do Mundo e também de eleições no Brasil, foi um exercício de crescimento robusto.

O crescimento do primeiro trimestre continuou puxão pela mídia exterior, internet e TV Aberta, com alta de 15,78%, 12,7% e 7,06%, respectivamente. Já o meio revista iniciou uma reação nos números do ano. Após um recuo de 11,4% no primeiro bimestre, a mídia encerrou o primeiro trimestre com alta de 2,2%.

A TV por assinatura também apresentou um resultado positivo: crescimento de 4,01%. Por outro lado, Guias e Listas (-21,15%), Cinema (-17,82%), Jornal (-4,02%) e Rádio (-2,51%) foram na contramão do mercado.


Bolo publicitário

Em valores, a televisão se mantém na liderança, om faturamento de R$ 3,67 bilhões e participação de 64,33% no total do bolo publicitário. Mesmo com a queda, o meio jornal aparece na segunda posição, com faturamento de R$ 736,4 milhões e participação de 12,90%. Na sequência figuram revista, com faturamento de R$ 342,4 milhões (participação de 6%); internet, com R$ 264,6 milhões (4,64%); mídia exterior, com R$ 204,8 milhões (3,59%) e TV por Assinatura, com R$ 187,1 milhões (3,28%).

Fonte: M&M

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...