Justiça condena homem a se desculpar cem vezes no Twitter


No começo dos episódios dos Simpsons, o Bart escreve no quadro-negro como castigo para algo errado que ele fez ou disse. Na vida real, esse castigo ganhou uma versão 2.0: uma corte da Malásia condenou o ativista social Fahmi Fadzil a pedir desculpa 100 vezes no Twitter. Não vale usar Ctrl + C, Ctrl + V, hein!

O crime de Fadzil foi tuitar, em janeiro, que um dos amigos dele havia sido maltratado pela empresa que o contratava, uma empresa comandada pela BluInc Media. Difamação! Calúnia! E mesmo que Fadzl tenha escrito suas desculpas depois de tê-los acusado – porque ele quis – ele já havia se tornado um alvo de processo judicial.

Nos próximos três dias, Fadzil tem que tuitar suas desculpas 100 vezes. Como você vê pela imagem acima, até o momento faltam 79. É um castigo bobo, claro, mas justamente porque a acusação também é. No fim, isto vai fazer Fadzil ganhar mais seguidores para monitorarem se ele vai – imagine só! – expressar a própria opinião em público.

Fonte: Gizmodo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...